O Vinco na Gravata – Como o Fazer

IMG_3948

Em todo o lado vejo homens com gravatas ao pescoço, e em todo o lado vejo gravatas mal apertadas, com o nó laço, desinteressante e cabisbaixo. Uns é porque não sabem fazer melhor, esses poderão aprender agora como. Outros é por rotina, e esses também poderão aprender como tornar mais interessante a rotina de atar o nó da gravata.

Existem duas coisas que ajudam a variar o ato de usar uma gravata, o nó e o vinco.

Claro que a gravata em si já dá muita manobra para experimentação, temos cores, temos padrões e temos tecidos para variar, dar asas à imaginação e exercitar os músculos da criatividade.

Para o bom homem que usa uma gravata todos os dias por obrigação e não pode cometer extravagâncias na gravatas que escolhe, a única forma de brincar com o estilo acaba por ser o nó da gravata (um mundo por si só e no qual entraremos noutros artigos) e o vinco.

O que é o vinco na gravata?

Não é nada mais nada menos que um vinco no tecido da gravata diretamente abaixo do nó.

 

nodimple
Gravata sem vinco, aspeto plano e desinteressante.

 

Porque é que é especial?

Porque tem de haver intenção de vincar o tecido. Qualquer homem consegue fazer o nó na gravata, existem nós tão simples que até um escuteiro novato os conseguiria fazer sem dificuldade.

Mas fazer o vinco, é preciso querer fazer o vinco, e é preciso saber o que é vinco.

 

IMG_3914
Gravata com vinco.

 

É interessante porque adiciona dimensão à gravata, dando um aspeto tridimensional e sempre ligeiramente diferente sempre que o faz. No fundo é um detalhe que adiciona um certo carácter a qualquer gravata.

Como vincar a gravata?

Relativamente simples, ainda pode levar algum tempo se não estiver acostumado. Pode tentar com qualquer tipo de gravata.

Comece por fazer o nó da gravata como de costume, quando estiver a passar a ponta larga pelo nó (nos nós comuns), antes de apertar tudo, deixe tecido na parte de cima.

 

howto
Passo e passo em como vincar a gravata.

 

Aperte com os dedos a partir dos lados para fazer um vinco no tecido, nessa altura, com o vinco bem seguro pelos seus dedos, puxe com a outra mão a gravata em baixo. Quando o vinco estiver a passar por dentro do nó segure-o pela abertura de baixo para se certificar que a dobra permanece. Agora aperte a sua gravata e terá (se tiver feito tudo corretamente) uma elegante dobra simétrica na gravata, diretamente abaixo do nó.

Vincos Assimétricos

Poderá optar por fazer um vinco numa das extremidades da gravata, obtendo um vinco assimétrico. Estes vincos são, na minha opinião, mais informais, mais apropriados para gravatas tricotadas. Se for a um evento mais formal, opte por um vinco mais simétrico. Contudo, não há regra para este detalhe, se acha que consegue domar a dobra, força.

Considerações Finais

Nem toda a gente irá apreciar o vinco na sua gravata. Muitos (os/as que reparam) poderão perguntar o que é, ou criticar o aparente desleixo. É nessa altura que o bom homem deverá explicar o que é, uma simples afirmação de estilo.

Nem toda a gente repara, nem toda a gente sabe o que é, nem todos os homens sabem como fazer, mas não deixa de o separar de todos os outros homens.

IMG_3939

4 thoughts on “O Vinco na Gravata – Como o Fazer

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s