Peça Mais Versátil – Blazer

Comprar um blazer é sempre compra muito importante, não só porque será potencialmente a peça mais cara do outfit, por vezes ultrapassada pelos sapatos, mas também porque se for de má qualidade é facilmente posta de lado porque simplesmente deixa rapidamente de ser confortável, elegante e favorecedor. Ou seja, exatamente o oposto do que um blazer ou um casaco tipo blazer deve ser.

Atenção, todos os blazer são casacos mas nem todos os casaco são blazers. A língua portuguesa é tramada nestas coisas mas a verdade é que os blazers são mais estruturados nos ombros, mais formais e elegantes.

Os casacos tipo blazers, os blazers desportivos normalmente não tem estrutura nos ombros, ficam portanto mais casuais e versáteis.

 

estrutura
À esquerda um blazer (estrutura nos ombros), à direita um casaco tipo blazer mais casual (sem estrutura).

São desportivos porque antigamente eram utilizados para eventos desportivos, jogava-se polo com eles, ia-se à caça com eles e bons homens andavam a cavalo com estes casacos e portanto eram peças mais informais e comuns.

Não confundam blazers com casacos de fato porque os casacos de fato são para serem utilizados com as calças do fato, não utilizem só o casaco por si só. Um casaco que andou ao sol (talvez por diversas vezes) vai destoar do tom de umas calças que só são utilizadas de vez em quando. Fatos com dois tons? Não os vistam, tratem bem daquilo que têm.

Este post é adaptável ao vosso lifestyle. Se um blazer seria muito formal para o vosso dia-à-dia, este post serve tal e qual para qualquer casaco desportivo tipo blazer (sport jacket).

Um casaco versátil, à semelhança das calças e da camisa, tem de ser facilmente adaptável a qualquer outfit e às mais diversas situações, sejam elas mais ou menos formais.

O mais interessante é que esta peça pode facilmente ser conjugada com outras duas dos artigos anteriores, alterando apenas alguns acessórios é possível ter outfits (quase) iguais, mas com apontamentos e detalhes diferentes.

Existem vários tipo de casaco tipo blazer, muitas das diferenças prendem-se com os detalhes da construção dos diferentes componentes do casaco em si.

LAPEL TYPES

  • Lapelas: podem ser de diferentes tipos. Triangulares, pontiagudas ou redondas. Não são estes os termos corretos mas utilizam-se sempre os nomes em inglês.
    • Triangulares (notch) – são os mais comuns, formato triangular, são também os mais informais. Encontram-se em normalmente na grande maioria dos casacos.
    • Pontiagudos (peak) – apontam para os ombros e são pontiagudos. Mais formais e relativamente raros de se ver hoje em dia, se um casaco for assertoado deverá ter sempre lapelas destas.
    • Redondas (shawl) – muito formais, geralmente só em fatos de cerimónia para eventos black tie. Muito pouco versáteis e difíceis de encontrar em lojas generalistas.

As lapelas podem também variar em termos de largura e comprimento, evitem lapelas muito finas, isso é uma moda recente e rapidamente desaparecerá. Pode favorecer alguns homens mas prejudica muitos mais, implica a utilização de gravatas muito finas. Como no Bom Homem o que defendo é moda intemporal, aconselho sempre algo que nunca sairá do uso.

  • Abotoamento: apesar de geralmente querer significar o número de botões, também se refere ao sistema.
    • Assertoado (com dobra): mais formal e old school, não são muito vistos nem aceites pela população geral. Têm ressurgido recentemente com cortes mais modernos. Podem ter quatro, seis ou até oito botões mas seis é o ideal. Não devem ser abertos quando se senta.
    • Normal: o típico abotoamento num casaco, a direito e ao meio. Geralmente têm dois ou três botões, mas também existem variantes com quatro botões para homens muito altos para proporcionar a peça ao corpo. Existem também com apenas um botão, o que eleva bastante o nível de formalidade.

 

sb vs db
O casaco à esquerda tem abotoamento simples, o da direita é assertoado.

Por fim e também bastante importante mas muitas vezes esquecidos estão os bolsos. Os bolsos são fáceis de identificar e vêm em duas variedades:

  • Bolso Avivado: do lado de fora apenas se vêm uma ou duas tiras de tecido. O bolso é interior. Podem ter uma pala (flap) visível que podem esconder dentro do bolso. Estes tipos são ambos mais formais e geralmente encontrados em blazers mais formais.
  • Bolso Costurado: o bolso é costurado à parte da frente do casaco e fica totalmente visível a olho nu. Ainda que mais informais do que a alternativa, acabam por ser também bastante elegantes.
bolsos
À esquerda e ao centro temos bolsos avivados e à direita um bolso costurado.

Os casacos e blazers podem ter outros detalhes interessantes como uma abertura na lapela para colocar uma flor (ou um pin, não furando o tecido), ou até um bolso extra acima de um dos bolsos laterais (ticket pocket, na sua origem era utilizado para guardar um bilhete, de comboio supostamente).

Os detalhes podem ser indicadores de qualidade mas atenção que cada vez mais conseguem-se ver este tipo de pormenores em roupas mais baratas de grandes cadeias internacionais.

Qual é então o casaco ideal, o blazer mais versátil, que qualquer bom homem pode com confiança investir o seu dinheiro para ter uma peça com a máxima qualidade?

À semelhança dos artigos anteriores, a resposta recaí numa coloração semelhante.

Um Blazer/Casaco Azul Marinho.

bmv-100

A lapela triangular é apropriada a qualquer situação, assim como os dois botões simples. Os bolsos podem ficar ao seu critério mas baixa ligeiramente a versatilidade da peça uma vez que os bolsos costurados são bem menos formais e portanto poderão não resultar numa situação mais formal (ainda que deverá ter algo mais apropriado para essa situação, aí talvez um fato seja melhor).

Aconselho um material respirável e leve, evite a flanela e o bombazine se este for o seu casaco principal, é sempre possível aquecer mais o outfit no inverno com uma camisola interior e um cachecol, mas não vai conseguir refrescar-se mais no verão se o casaco não for já de si bastante fresco.

Mas claro, isto tudo não significa nada se não conseguir combinar esta peça fundamental num guarda roupa de qualquer homem com tudo o resto. Assim, a escolha natural recaí no azul marinho, sendo as justificações são as mesmas que apresentei no artigo sobre calças, em que o azul marinho é também a cor elegida como a mais versátil.

Repare, conseguirá encaixar este casaco com chinos, calças de ganga, camisas de cerimónia, camisas mais casuais, camisas Oxford, praticamente todas as cores que encontrará nas lojas é combinável com o azul marinho, desde o branco ao preto, passando pelo cor-de-rosa, pelo amarelo, pelo vermelho e até com as alternativas com listas ou outros padrões.

Como já referi, se for comprar agora o seu primeiro blazer, ou se vai fazer um upgrade ao seu guarda-roupa, e se tiver orçamento apenas para investir numa peça, é num blazer azul marinho que deverá investir. As outras cores e variantes poderá adquirir mais tarde, investimento menos dinheiro, porque nunca as vai utilizar mais do que o casaco apresentado acima.

Lembre-se, compre inteligentemente e rega as suas compras pelo Custo por Utilização, verá como investir num casaco destes vale a pena. Vai sentir-se muito mais confortável, confiante e a sua compra vai deixá-lo satisfeito por muito mais tempo.

 

3 thoughts on “Peça Mais Versátil – Blazer

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s