Visitando a Quinta do Vale Meão

No passado dia 21 de Março estive no Douro a visitar algumas Quintas e projetos de vinhos bastante interessantes.

IMG_0126

O primeiro que visitei foi a Quinta de Vale Meão, à semelhança do único outro artigo deste género que publiquei (que pode ler aqui), isto não será uma análise ou uma reflexão profunda sobre aquilo que é o aquilo que é produzido no Vale Meão, mas sim quase uma cascata de fotografias da Quinta.

IMG_0127
Vinha dos Novos – Touriga Nacional em solo granitico

Ainda assim, espero que goste.

Dos 300 hectáres plantados, apenas 100 são de vinha. Na adega ainda há muita tradição, pisa a pé mas também mecânica. Todas as castas são vinificadas separadamente, menos para os vinhos do Porto.

adega
A adega

 

O solo é de granito, xisto ou aluvião. Subir uma encosta de xisto onde estavam homens ainda a enxertar as plantas não foi pêra doce. O sol brilhava e as temperaturas altas para Março.

Foi nesta quinta que nasceu o vinho tinto bandeira português, o Barca Velha. Hoje um vinho da Sogrape.

Estando a quinta localizada no meio de uma falha tectónica, a região é alvo frequente de sismos. Devido a ser no meio, chamaram-lhe Vale Meão.

IMG_0149
Meandro branco 2017

 

Existe um espaço com piscina bastante agradável onde pude degustar alguns vinhos.

Meandro branco muito interessante, fresco mas guloso com boa acidez.

Monte Meão Vinha da Cantina, um 100% Baga bastante interessante e muito diferente dos bagas da Bairrada.

Ao almoço, Monte Meão Vinha dos Novos. Muito bom mas depois bebemos um excelente Meandro tinto 2007. Jovialidade inacreditável para um vinho com mais de 10 anos.

três vinho

Terminando com o mais recente Quinta do Vale Meão 2016, um vinho com um nariz muito aromático mas equilibrado. Paladar intenso, guloso e consistentemente surpreendente, com cada golo a levar-me a descobrir mais sabores. Depois do café ainda tinha a boca a saber a este grande vinho.

IMG_0133

A visita à Quinta de Vale Meão apenas veio cimentar mais a minha preferência pelo Douro enquanto região de vinhos. É um local fantástico e apesar de muito mal escondido ainda é desconhecido por muitas pessoas.

Apenas muito recentemente a quinta foi aberta para visitas, apenas por marcação. Assim sendo aconselho uma visita ao Douro e se tiver oportunidade, à Quinta do Vale Meão.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s