O Porquê de Usar um Relógio

Um dos acessórios que mais gosto e com o qual sou mais chato é o relógio sem sombra de dúvida. É daquelas coisas em que reparo logo, seja num homem seja numa mulher.

Nem sempre utilizei relógios mas desde os meus 20 anos que uso todos  os dias e sinto até que me falta qualquer coisa quando me esqueço do relógio em casa, quando por exemplo tenho de sair à pressa logo de manhã. Cheguei a utilizar quando era criança e gostava bastante até que na altura da rebeldia decidi que o telemóvel chegava para ver as horas.

Mas o relógio serve para tão mais, apesar de não se mostrar todo a qualquer olho.

Porquê ?

Em primeiro lugar, o óbvio, para ver as horas rapidamente.

Mas mais do que isso, um relógio pode ser uma arma como ferramenta de afirmação de um estatuto. Passa uma mensagem muito clara para quem observa, passa uma imagem de maturidade e responsabilidade.

Quando vemos uma criança com um relógio a primeira impressão é de estamos perante um petiz educado, responsável e crescido. Mesmo que seja um relógio assumidamente infantil.

Quando estamos perante um adulto com um relógio (agora adequado à idade) no pulso a impressão é a mesma, mas proporcional à imagem que esperamos da pessoa. Pode-se fazer muitas assunções sobre a pessoa mas, a primeira é de que é uma pessoa que valoriza o tempo e é confiável. Especialmente no mercado de trabalho é importante passar-se esta imagem num primeira impressão.

Pessoalmente acho que quando alguém fala (e sobretudo se costuma mexer muito as mãos) um relógio acrescenta peso ao que essa pessoa está a dizer, e no fundo, parece-me sempre que dá um certo ar de autoridade ao intérprete, o que pode ser útil nas mais variadas situações como não vai deixar de concordar.

Tipos de Relógio

Tal como os sapatos ou qualquer outro elemento de um conjunto, existem vários tipos de relógio de pulso, cada um pensado para uma ocasião ou situação diferente, procurando responder sempre às necessidades do público alvo que procura atingir.

Claro que hoje em dia ninguém liga muito a isto, acho que o melhor conselho é de “utilizem o que gostam”. Tenham no entanto cuidado para não cometerem extravagâncias e parecerem menos confiáveis.

Relógios Simples

De face simples e habitualmente redonda, pode até conter uma variedade de elementos como o dia de semana, do mês entre outros mais arrojados (há um que tem as fases da Lua).

Com a bracelete em pele é mais versátil e pode ser utilizado formalmente ou em momentos casuais e descontraídos. Noutros materiais, como o nylon que agora está na moda, torna-se demasiado casual, podendo até funcionar num ambiente business casual.

Um Relógio Simples, Elegante e Versátil

Pessoalmente é tipo de relógio que gosto mais, e uso um todos os dias. (O Seiko que poderão já ter visto várias vezes em fotografias neste blog).

Relógio de Mergulhador

Muito menos formais que os anteriores mas muito populares, são facilmente identificados pois têm elementos de orientação e às vezes de identificação do estado das marés. O que realmente os distingue dos outros são a sua resistência face a pressão da água, alguns conseguem suportar até 3000 metros de profundida. Como tal, a “caixa” é grossa e pesada. Podem ser muito complexos mas geralmente o homem comum não terá necessidade das funções extra que estes relógios podem oferecer.

Tenho um Timex E que me foi oferecido quando entrei para a universidade e foi durante uns anos o meu único relógio, e ainda o uso, todos os fins-de-semana e feriados.

Não tem mais funções sem ser a bússola e a resistência à água.
Um Relógio de Mergulhador Simples

Relógio de Piloto

Relógios de Mergulhador mas com cronómetros. Podem ter outras funções.

Atenção que não estou a falar do tipo de mecanismo. Isso são histórias para outros dias. Os entendidos defendem os automáticos e não querem saber de movimentos de quartz e outras coisas. Não quero discutir isso.

Mas quero discutir outra coisa, nomeadamente…

Relógios de Moda

Não vou ser meigo. E sim, eu sei que há muita malta que usa relógio para complementar um outfit e para aproveitarem os benefícios implícitos que mencionei acima. Mas isso nunca é, nem nunca será desculpa para utilizar os chamados Relógios de Moda (fashion watches).

São basicamente relógios baratíssimos, feitos na China (9.9/10 das vezes) que, das duas uma: são comprados e vendidos como marca própria (The Fifth, Daniel Wellington, etc) ou são embelezados por uma marca de renome (Hugo Boss, Michael Kors) e vendidos a peso de ouro.

Não são produto da arte da relojoaria, não são timepieces. São moda barata e que enganam muita gente.

Invistam em peças que valham a pena ter, que valham a pena investir.

Pelo preço de muitos relógios de moda que se passeiam por aí conseguem bons relógios de marcas respeitável como Seiko, Citizen, Orient, Timex…

Cuidado com as Extravagâncias

Mas atenção, tudo o que é demais enjoa. Atenção ao tamanho do relógio e ao tamanho do vosso pulso, um relógio demasiado grande vai dar a ideia que vão começar uma atuação no circo mais próximo.

Quando vestem um fato, deixem os relógios com cores, braceletes de nylon bicolores em casa e arranjam algo mais elegante.

Usem o relógio, não deixem que ele vos use a vocês.

 

 

3 thoughts on “O Porquê de Usar um Relógio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s